sábado, 25 de julho de 2009

Império do Sol 2010

“Deus abençõe África - Um cântico de louvação à Otampé Ojarô"
(Diego Nicolau, Rafael Mikaiá, Ricardo Bernardes, Guilherme Dourado e Daniel Barbosa)
Intérprete: Diego Nicolau

África, soberana mãe da humanidade
Teu berço embalou os Orixás
Do solo fez brotar a liberdade
Herança que ao mundo encantou
Traz de Ketu o clamor da resistência
De seu Ilê-Axé, Orunmilá guia o destino da nação Iorubá
Religiosidade, família de Arô
Foi na Costa da Mina, que ouviu-se um clamor
Mas negro é forte, resistente à qualquer sorte
Com garra não sucumbiu!
Em seus grilhões quebrou lamentos
Cruzando mares aportou no meu Brasil

Otampé Ojarô, linda guerreira!
O “Sol do Império” nos teus olhos vai brilhar
Dos rios de Oxum, relicário de beleza
Às ricas águas de mamãe Yemanjá

Do ventre da terra, na Bahia teve a sua louvação
Renasce a luz da esperança, de Oxumaré a proteção
Com danças de afoxé, xirê, ritos de fé, rituais cheios de axé
Mais uma vez o mar atravessou e o grande Olokun abençoou...
E vai cumprir sua missão
E assim, como a Império, voltou ao seu lugar
Alaketu, terreiro de fé difundiu
Ideais de candomblé pelo Brasil

Olorum... Abra os caminhos pra Império desfilar
No toque do tambor ressoa, a louvação Iorubá
Um canto negro de adoração e fé
Para Otampé, rainha do candomblé

Nenhum comentário: