quarta-feira, 9 de fevereiro de 2011

Império do Sol 2011

Império do Sol

Fundação: 20 de fevereiro de 1988
Cores: verde, vermelho amarelo e branco
Símbolo: um sol vermelho e uma coroa amarela
Presidente: Alzemiro da Silva (Miro)
Intérprete: Joel Alves
Mestre de Bateria: Dadá
Mestre-sala e porta-bandeira: Caio e Jéssica Silva
Carnavalesco: Mano Brum
Enredo: Onira Pereira - A Trajetória de Uma Estrela

Samba-enredo
Autores: Daniel Barbosa, Rodrigo Cordeiro, Diego Nicolau, Rafael Mikaiá, Rico Bernardes e Guilherme Dourado.

Na história o estandarte eu fui buscar
Contam que os hebreus foram os primeiros a usar
No Egito e Roma simbolizou poder e traição
Cruzando o tempo, guerras, momento chegou ao Carnaval
E então se deu um encontro abençoado
O estandarte foi levado
Pelo destino a uma estrela sem igual
Ecoaram os batuques do tambor
Da semente, nasceu a linda flor
A sua vida, protegida por Exu Bará
Jogado os búzios, fé no orixá!
Na terra da encantaria desponta a beleza da mulher
Consagra-se Onira, boneca café

É guerreira, sua águia vai voar (Refrão)
Num manto azul e branco repousar
Romper fronteiras, evoluir
Abrindo alas na Sapucaí

Orgulhosa, a mãe sambista viu
No girar de um pavilhão, que seu legado resistiu
Mas a lágrima rolou, e na avenida o surdo se calou
A esperança vem da união
Que imortaliza e destaca tua dança
E hoje... Minha Império se encanta
A avenida se levanta ... Pra te aplaudir
Teu nome para sempre esta gravado
Só quero te dizer muito obrigado

De versos, poemas fiz uma canção (Refrão)
Onira Pereira és inspiração
Hoje a Império eterniza a tua arte
Baila minha porta-estandarte

Nenhum comentário: