quinta-feira, 17 de janeiro de 2013

Sem desfiles

Foi confirmado que a cidade de Florianópolis não terá desfiles em 2013 e que os desfiles retornaram no ano que vem. Caso muito parecido com Alegrete e Santana do Livramento que não terão desfiles. Vou me ater ao casos dos Rio Grande do Sul, a justificativa para o cancelamento é a falta de verba do poder público, os gestores das prefeituras alegam problemas de orçamento. Pergunta, quando o orçamento deste ano foi planejado não se previu a necessidade verbas para os eventos? Se foi por que agora não vai ser utilizada? Os gestores publicos são todos iguais, o evento carnaval somente lhes interessa como um meio de promover sua própria imagem junto aos eleitores carnavalescos (verdade, pessoas que amam o carnaval votam), mas a eleição passou e estes já conseguiram os votos dos trouxas, opa carnavalescos (desculpe pela palavra). Em alguma das cidades se aventou a ideia de cortar os cargos de confiança para economizar, diminuir o salário dos prefeitos, secretários (13 em Alegrete e 21 em Livramento), vereadores e afins? Não é a resposta, mais fácil é cancelar os desfiles de carnaval. Os políticos são os únicos culpados? É óbvio que não, os dirigentes das escolas são também e muito. Aceitam qualquer coisa para o carnaval, são totalmente dependentes do dinheiro público (sou a favor do investimento no carnaval, mas não somente de dinheiro público), não procuram formas de independência, nem parcial; dependem exclusivamente da boa vontade do prefeito de plantão. As duas cidades não terão desfiles e sabe o que vai acontecer ano que vem (ano de eleição) ocorreram desfiles e os prefeitos levaram para seus camoretes nas avenidas, candidatos a deputado estadual, deputado federal, senadores e governadores; que darão longas entrevistas a emissoras locais falando sobre seu "amor" pelo carnaval, o quanto "trabalham" pelo evento e pela cultura popular. Terão um espaço generoso nos sites das prefeituras com fotos, com títulos sugestivos nelas "deputado fulano de tal cai na folia", "fulano (candidato) prestigiou os desfiles" e assim por diante. Se você é membro de alguma escola e em especial gosta do carnaval preste muita atenção em quem o presidente da sua entidade vai convidar para eventos no próximo ano, veja a que cargo ele vai concorrer e se já fez algo realmente pela cultura popular, caso contrário pode não ter desfile na sua cidade em 2015, "por falta de verbas".

Nenhum comentário: