quinta-feira, 7 de fevereiro de 2013

Somente agora

A possível interdição do Complexo Cultural do Porto Seco amanhã a pedido do ministério público levanta a seguinte questão; somente agora? Será que os promotores do ministério público descobriram esta semana que serão realizados desfiles amanhã. Devido ao que aconteceu em Santa Maria toda a cautela é necessária, ainda mais em se tratando de carnaval, termo que causa arrepios em algumas pessoas. Porém fica a questão, foi necessário a morte de centenas de jovens para estes órgãos lembrassem de suas obrigações? Ou estão apenas tentando utilizar mais um evento público para justificar sua ineficiência na fiscalização. Estão preocupados com locais com grande afluxo de pessoas, sugiro fiscalização rigorosa no Palácio Piratini (opa, tem o governador, chefe dos bombeiros) e assembleia legislativa (opa, tem deputados que cuidam dos reajustes do vencimentos de outros poderes). Bom se minhas sugestões não forem aceitas, certamente tem um estádio de futebol (muita mídia) ou uma quadra de escola de samba (opa, não tem ninguém importante para defender) para ser vistoriada de cima abaixo e ser interditada, afinal é necessário justificar seus polpudos salários (que vem dos cofres públicos), mas afinal este não é problema; já que carnavalesco não se alimenta, não mora e assim por diante; resumindo não paga imposto então não tem importância.

Nenhum comentário: