quarta-feira, 13 de março de 2013

E a mesa virou

Como era de se supor a mesa virou no carnaval de Porto Alegre, adotando as piores práticas do futebol. Não vou tratar deste tema como se fosse uma decisão tomada pelo bem do carnaval e sim como o que ela realmente é, rasgaram o regulamento e jogaram na lata do lixo. A manutenção de nove escolas no Grupo Especial recebendo as duas do Grupo A; Samba Puro e Imperatriz Leopoldense (uma obrigação o acesso das entidades e não um favor) é apenas um ajuste ao sistema de proteção que as escolas que estavam do especial quando foi fundada a tal UGESPA tem tentado criar. (Pergunta: Se fosse a Embaixadores na nona posição e não a escola do presidente da UGESPA a mesa teria virado? Apenas uma pergunta.) Com a virada de mesa o "grupo especial" terá onze escolas, já o grupo A terá sete; salva com a virada de mesa a Acadêmicos de Niterói; por fim no grupo de acesso terá sete também sendo que apenas a União da Tinga ficará de fora por ter sido a última colocada a substituta não foi divulgada, a virada de mesa salvou a Realeza de ficar dois anos fora dos desfiles oficiais. Resumindo o regulamento foi cumprido para a Praiana no especial, para a Vila Mapa no grupo A e para a União da Tinga no acesso (e isto é nada além da obrigação) para o resto não valeu o escrito. Se conselho fosse bom não se dava, era vendido; mesmo assim vou dar um. Presidente da União da Tinga penso que o senhor deve garantir os direitos da sua entidade, se o regulamento não vale por inteiro e sim apenas a que convém a quem "dirige" o carnaval de Porto Alegre então por que sua escola tem que ficar fora dos desfiles por dois anos? Ensurdecedor o silêncio da prefeitura de Porto Alegre e de seus vereadores sobre este tema, lembrando o carnaval da cidade de Porto Alegre capital do estado do Rio Grande do Sul é regido por lei, então como uma das responsáveis não se pronuncia sobre o assunto.

Para não dizer que não falei de flores, a Império da Zona Norte de Santa Cruz do Sul conquistou o bicampeonato da sua cidade em 2013, sendo sexto título da entidade em oito anos. Lembrando que em 2009 não foi realizado concurso e quem em 2010 quando venceu a Imperatriz do Sol a escolha foi por voto do público.

Nenhum comentário: