sábado, 10 de outubro de 2015

Estado Maior da Restinga - Samba 2016



"Da sabedoria busquei a humildade. Da humildade clamei por Justiça. Sou Negro, sou Rei, Kabecilê Kaô, sou Restinga!"
Interprete: Renan Ludwig

Corre nas veias esse sangue que é tricolor  (BIS)
Meu grande amor... Restinga
É justiceiro, tenho fé na tua balança
É assim não adianta
Tinga teu povo te ama


Agô meu pai Agô
Vem nos livrar das injustiças desse mundo
Dono da terra não tem mais o seu lugar
A natureza não se cansa de chorar
Desigualdade, intolerância!
O preconceito racial e social
Mas na terrinha um grito forte ecoou
São os guerreiros povo de Oyó
O mensageiro Bará leva a Xangô
O clamor do Estado Maior

Ouço o rufar de um tambor         (BIS)
Anunciando um novo tempo de esperança
É o trovão de Xangô
Igualdade, justiça e amor


Ecoa um coro em louvação, magia e devoção
Ao soberano de Oyó
Meu povo cansado de sofrer
Luta pra sobreviver, sem perder a esperança
Desce de Orum, a luz do seu Oxé a nos guiar
Com o poder da Yabas, a transformar
Kabecilê Kaô... Eis a coroação
Hoje meu cisne vem te exaltar
Cantando em uma só voz
Quem gosta de nós somos nós

Nenhum comentário: