segunda-feira, 9 de novembro de 2015

Carnaval secreto

No último final de semana, mais exatamente nos dias 6 e 7  de novembro foi realizada a mostra de samba-enredo do carnaval de Porto Alegre para 2016. A novidade é se que se pode classificar como tal foi o segredo em que ocorreu o evento; segredo? Sim, segredo. Mais uma vez o carnaval de Porto Alegre teve um de seus principais eventos de forma secreta, fora os abnegados do Setor 1, do Tamu Junto e mais um ou outro que fez um esforço para informar o que ocorria ao vivo, tudo ocorreu no mais absoluto segredo. Nenhuma emissora de rádio abriu espaço em sua programação para transmitir o evento. A culpa é das emissoras? Sim e não. Sim, é culpa do Grupo RBS que apesar de praticamente ter monopólio sobre a festa não demonstrou novamente qualquer respeito pelo povo do carnaval ao não cobrir a mostra. E não, não é culpa das outras emissoras, pois os dirigentes das escolas de samba, LIESPA, anteriormente AECPARS nunca se interessaram em cativar os demais veículos para que se interessassem em cobrir o carnaval; sempre priorizaram o Grupo RBS. Até quando tinham contrato com o Grupo Bandeirantes que tinha diversos espaços abertos na rádio e na televisão sempre era para o Grupo RBS que os dirigentes moviam seu interesse. Hoje temos um carnaval secreto, será secreto na televisão que apesar de duas noites de grupo especial irá transmitir apenas uma a de sábado, secreto no rádio como sempre foi, estarão com sua cobertura voltada para o Rio de Janeiro e o máximo que as escolas que desfilarem em Porto Alegre no domingo terão é um "flash" quando o desfile no Rio não estiver em andamento ou quando alguma rainha de bateria ou celebridade "famosa" não resolver dar uma "grande" entrevista. A responsabilidade do segredo do carnaval de Porto Alegre é de seus dirigentes, única e exclusiva. E para não esquecer, se em 2016 não tem acesso e nem descenso; em 2017 quais serão as escolas que desfilaram no sábado para atender a RBS TV? Teremos a volta do acesso e descenso? Ou teremos novamente um grupo fechado no especial de 10 escolas sem descenso? O cachê para 2016 e 2017 aumentou ou continua sendo de R$ 10 mil reais por escola do Grupo Especial? Perguntar não ofende.

Nenhum comentário: