domingo, 11 de setembro de 2016

Imperadores do Samba - Samba 2017



Sou Resistência e Não me Kahlo. Frida, Sou México em Flores, Cores e Amores: Diva entre Imperadores.

Autores: Mamau Castro, William Farias, Leandro Almeida, Gustavinho Oliveira, Diego Nicolau, Rico Bernardes e Arilson Trindade

Eu sou a resistência, revolução  (BIS)
Na escola do povo caliente paixão
Um mar vermelho e branco de esplendor
Arriba! Eu te amo Imperador

Sublime e valente, mestiça semente
Meu sangue latino tem tradição
Do solo sagrado um El Dourado em fascinação
Negra Mãe protegeu o meu destino
E a dor no espelho refletida
Retrato das marcas da vida
Minha história iluminada raiz
Dos temores da opressão
Despontam heróis do meu país
Caudilhos, sombrero e lenço vermelho
A redenção de bravos guerreiros

Floresceram amores, e eu amei  (BIS)
Na arte e na rua, revolucionei
Retratei o clamor de liberdade
No ideal comunista de igualdade

Soberana dos meus traços
Fonte da própria inspiração
Vesti com coragem a beleza
Revelei sentimentos, inspirei movimentos
Pintei nas asas da imaginação
O México em cores e flores
Na brasilidade dos tambores
A poesia em sinfonia com a emoção
Vem ver a diva entre Imperadores
Nos braços do povo a desfilar
Muito prazer! Sou Frida Kahlo, não vou calar

Nenhum comentário: